24 horas em Doha

Doha skyline Qatar

Envolta pelo exotismo e luxo árabes, palco da Copa do Mundo de 2022, Doha, a capital do Qatar – um emirado da Península Arábica – é um poderoso hub para quem viaja à Ásia ou ao Oriente Médio. A cidade de ares cosmopolitas prevê inaugurar oito museus nos próximos dois anos e um novo aeroporto, ainda mais moderno que o atual, em 1o de abril (primeira fase). Vale a pena passar pelo menos 24 horas lá e, para isso, WHIZ destaca as atrações imperdíveis. É provável que não dê para fazer tudo em um único dia, mas se Doha será frequente como conexão em suas viagens à China, Japão, Líbano, Índia e outros destinos por essas bandas do mundo, visite o que faltar na próxima.

Spa Six Senses lounge
Sharq Village Hotel & SPA
: operado pelo grupo Ritz-Carlton, pertinho do aeroporto, o resort tem arquitetura inspirada no estilo tradicional árabe e suas suítes se distribuem em charmosas vilas. Restaurante persa, praia particular, com os arranha-céus e o Inland Sea como pano de fundo e, sobretudo, o spa encantam os visitantes. Da conceituada grife Six Senses (na foto acima, lounge), o espaço dedicado à beleza e bem-estar reúne 23 salas de tratamento e diversos ambientes para o relax. Se não estiver hospedado no Sharq vá pelo menos para uma terapia – de facial natural árabe a massagem anti-estresse. Chá de gengibre para finalizar.
The Pearl Island: a ilha artificial resume o luxo em Doha. Além de três hotéis e apartamentos cinco-estrelas e marinas, há restaurantes de várias cozinhas (exemplo do Le Relais de L’Entrecôte) e grifes aos montes (Hermès, Missoni, Balenciaga, Ferragamo, Loro Piana…). Nobu abre este mês.
Museu de Arte Islamica: sua fachada modernista do arquiteto chinês I.M. Pei chama a atenção. À mostra, peças de arte islâmica que retratam 1.400 anos – entre cerâmica, trabalhos têxteis, em vidro, metal, joias, manuscritos e moedas. Se quiser jantar no museu, em alto estilo, IDAM é o primeiro restaurante sob o comando do francês Alain Ducasse no Oriente Médio. Décor por Philippe Starck.

Souk Doha
Souk Waqif (foto acima): quem conhece os mercados do Marrocos ou da Turquia, certamente terá aqui uma experiência diferente de tudo que já viu. Limpo, silencioso, com ruas impecavelmente asfaltadas, parece cenário de filme e há quem pose para fotos em cima de cavalos árabes. Ainda assim é superinteressante, um complexo com lojinhas e vielas, restaurantes e cafés. Como mandam os países árabes, barganhar é regra.
Passeio no deserto: de jipe, até quase a fronteira da Arábia Saudita. Pela Gulf Adventures.

COMO IR? De Qatar Airways. Na executiva, poltronas viram camas horizontais, há pijamas exclusivos, nécessaires Salvatore Ferragamo, roupas de cama e um menu com pratos criados por chefs de peso. Nobu é um deles. A econômica tem assentos espaçosos e mais de mil opções de entretenimento. Serviço nota dez, não importa a classe. Entre os vários prêmios, a Qatar foi eleita Companhia Aérea do Ano em 2011 e 2012 pelo respeitado Skytrax World Airline Awards.
Qatar executiva
SE VOCÊ FOR
Fuso: seis horas a mais em relação a Brasília.
Idioma: árabe, mas o inglês é quase oficial.
Moeda: Qatar riyal (QAR). US$ 1 vale 3,65 QAR.
Riquezas: petróleo e gás.
Religião:
muçulmana.
Visto:
é necessário e deve ser providenciado pela empresa ou agência de turismo responsável pela sua estada no Qatar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s