Faena chega a Miami Beach

Faena Miami Beach BedroomMiami está mesmo hot! Acaba de abrir as portas em Miami Beach o Faena Hotel. Instalado no antigo Saxony Hotel, erguido em 1947, outrora chamado de “Queen of Collins Avenue” e frequentado por celebs como Marilyn Monroe, o Faena reúne 169 quartos e suítes e exibe o estilo glamouroso dos anos 50.
Faena_MIAMI roomHóspedes contam com serviço de mordomo, o beach club Faena Playa e dois restaurantes: Los Fuegos tem a cozinha argentina de Francis Mallmann, e Pao at the Dome é o primeiro restaurante do premiado chef Paul Qui fora do Texas.
A exemplo do “império” Faena em Buenos Aires, o hotel marca a primeira fase de inauguração de um novo complexo, o Faena District, que surge entre as ruas 32 e 36, com torres e condomínios residenciais, lojas, espaços culturais e uma guesthouse (Casa Claridge’s) à beira da praia.

FAENA HOTEL MIAMI BEACH, VIEW

 

O melhor de… Santiago


Santiago Cordilheira

Emoldurada pela Cordilheira dos Andes, a capital do Chile tem muito a mostrar ao visitante. De ótimos hotéis e restaurantes a museus, parques e bairros deliciosos para passear a pé. Confira!

Onde comer
La Mar: no bairro de Vitacura, na Avenida Nova Constanera, novo pólo gastronômico da cidade, restaurante de ceviche e especialidades peruanas do famoso chef Gastón Acurio.
Osaka: no W Santiago, o restaurante japonês (foto abaixo) é um dos mais disputados e badalados da cidade. Reserve com antecedência.
Santiago Osaka
Azocar: fica em um casarão da década de 1920 em uma ruela entre a Catedral e a Praça das Armas, no centro. No fundo do restaurante, há um tanque de ostras, a grande especialidade da casa.
borago_2014_profile_food_1 worlds bestBoragó: premiado entre os melhores restaurantes da América Latina no Latin America’s 50 Best Restaurants 2014, pela revista britânica Restaurant, o Boragó também fica na Avenida Nova Costanera e propõe uma cozinha saudável com ingredientes da estação e receitas históricas (foto ao lado).
Le Fournil: uma boulangerie maravilhosa, com vários endereços na cidade. Vá no da Avenida Vitacura. No cardápio, 75 variedades de pães e doces. O restaurante anexo serve ótimos sanduíches, quiches e saladas.

Onde dormir
Ritz Carlton Santiago: elegante, com ótima localização no bairro El Golf (em Las Condes), uma das mais belas e exclusivas regiões da cidade. Dá para ir a pé para o shopping Costanera Center, um dos maiores que já vi na vida. Os quartos são aconchegantes, no estilo clássico (foto abaixo), e o hotel tem um spa no último piso, com piscina aquecida com vista para as montanhas.
Ritz carlton Santiago
Grand Hyatt Santiago: também no bairro Las Condes, walking distance do famoso shopping Parque Arauco. Peça um quarto com vista para os Andes e não perca um almoço no restaurante tailandês Anakena.
W Santiago: também no bairro de El Golfe, o hotel fica na Rua Isidora Goyenechea, que concentra os endereços gastronômicos mais tops da região. É para quem gosta de badalação, de ver e ser visto. Experimente o quarto Cool Corner, decorado pelos premiados designers Tony Chi e Sergio Echeverria. Vista de tirar o fôlego!

Passeios 
Centro velho: vale a pena dar uma volta pela região onde estão a Catedral Metropolitana de SantiagoPalacio de La Moneda – sede da Presidência do Chile, também abriga um centro cultural com exposições permanentes sobre o folclore chileno; Museu Chileno de Arte Pré Colombiana bárbaro! Exibe o patrimônio artístico de todos os povos da América Pré-Colombiana; Mercado Central, muitos gostam de almoçar lá – achei muito turístico.
Centro de Santiago, Catedral
Cerro Santa Lucia: também no centro de Santiago, um morro de onde se tem vista panorâmica maravilhosa para a cidade. A subida é de teleférico. Lá em cima, um castelo, muitas árvores e um gramado e um simpático café.
Kidzania: no Parque Araucano, vizinho do shopping Parque Arauco, para quem viaja com crianças. A partir de 8 anos, você pode deixar seus filhos lá e ir fazer compras.
Shoppings: Parque Arauco (foto abaixo) e Costanera Center têm uma variedade enorme de boas lojas chilenas e internacionais.
La Chascona: casa-museu de Pablo Neruda, construída em 1953, expõe em seu interior objetos que pertenceram ao poeta. Parte de sua pinacoteca é composta por quadros de Diego Rivera, Fernand Léger, Picasso, entre outros.
Concha y Toro: estando em Santiago, vale visitar uma vinícola e esta é uma das mais famosas do Chile. A cerca de uma hora do centro, a vinícola oferece tours todos os dias a partir das 10h.
Parque Arauco

Direto de Nova York

Fata Morgana NYCJunho em Nova York… “O verão chegou, mas o sol ainda não apareceu por completo. Por aqui somos todos carentes de luz solar, vitamina D e um lugar ao sol.” Lorena Ringoot, chef concierge do elegante hotel The Surrey, dá as dicas desta temporada na Big Apple. Na foto acima, instalação da nova-iorquina Teresita Fernández no Madison Square Park.

O que fazer?
Ir para o Central Park, fugir aos Hamptons ou pegar um ferry para Sandy Hook. Outra opção é aproveitar a tranquilidade da cidade nos fins de semana, confira a programação.
Arte no parque
: Teresita Fernández no Madison Square Park, apresentando Fata Morgana – uma grande instalação ao ar livre da artista nova-iorquina. Na 23rd Street com Quinta Avenida, em frente ao Eataly.
Woman In Gold: vale a pena assistir ao filme A DWoman in Gold - Adele  Bloch-Bauerama Dourada, com Helen Mirren (estreia no Brasil em 13/8), e depois visitar a Neue Gallery para ver a pintura original do retrato de Adele Bloch-Bauer (reprodução ao lado). Até 7/9 na Neue Gallery, Quinta Avenida com 86th Street.
Frida Kahlo – Art, Garden, Life: uma fantástica viagem cultural, com arte, vida, plantas e história mexicanas no New York Botanical Garden, no Bronx. Para completar, um food truck só de tacos chamado Casa Azul. Ótimo programa com a família num domingo ensolarado. Até 1/11.
Flaming June at The Frick Collection: pela primeira vez a obra-prima de Sir FredeFlaming June 1895ric Leighton está em exibição em Nova York. O quadro (reprodução ao lado) foi emprestado pelo Museo de Arte de Ponce de Puerto Rico. Prepare-se para enfrentar a fila! Até 6/9, no 1 East 70th Street com Quinta Avenida.

Restaurantes
Untitled
: dentro do Whitney Museum, com o chef Mike Anthony, do Gramercy Park. Opção perfeita para almoço ou jantar cedo. Fica no 99 Gansevoort Street, Meatpacking, tel. +1-212 677-9477.
American Cut: steakhouse moderna (foto abaixo) em Tribeca, com a assinatura do chef Marc Forgione, ex-BLT Prime. 363 Greenwich Street, tel. +1-212 226-4736.
American Cut
Burger and Lobster: para comer um hamburger ou uma lagosta (foto abaixo) em um ambiente bem descontraído. O restô veio de Londres e já está fazendo sucesso.Não aceita reservas, mas não se preocupe – tem capacidade para 350 pessoas! 39 West 19th Street, entre Quinta e Sexta Avenidas, tel. +1-646 833-7532. Burger & Lobster NYC
Sessanta: novo italiano no espaço do meu amado Kittchai Thai restaurant. No Sixty Thompson Hotel, na 60 Thompson Street, SoHo, tel. +1-212 219-8119.
Berlyn: alemão supercool (foto abaixo), com comidinhas fantásticas e drinques perfeitos. O restaurante fica em frente do BAM Brooklyn Academic of Music, no 25 Lafayette Avenue, Brooklyn, tel. +1-718 222-5800.
BerlynLorena Ringoot é chef concierge no hotel The Surrey e colabora com WHIZ todo mês com dicas imperdíveis de Nova York

Direto de Nova York

Sakura Matsuri in Brooklyn

“Abril chegou e os new yorkers aguardam ansiosamente a primavera. Estamos precisando de raios de sol para andar de bicicleta, descobrir novas ruas e celebrar a vida com os amigos. E ver flores e novas cores.” Lorena Ringoot, chef concierge do elegante hotel The Surrey, nos manda dicas quentinhas do mês em Nova York. Na foto acima, Sakura Matsuri, no fim de abril no Brooklyn Botanic Garden.

Gourmet
Upland (foto abaixo): a nova brasserie americana do momento, no 345 Park Avenue com 26 Street.
Upland 2

Le District: no Brookfield Place (Battery Park City), é o novo espaço gourmet da cidade, tipo mercado, como o Eataly. Este, porém, especializado em comida francesa. Há uma loja da La Cure Gourmande, com calissons, madeleines e nougats de dar água na boca, um bar de vinhos, uma Brasserie Beaubourg, Le Bar e muito mais. Na mesma área será inaugurado L’Atelier de Joel Robuchon, sob o comando de Patrick Gioannini (ex-Mandarin Oriental/Jean George’s).
Cafe Clover (foto abaixo): novo point em Downtown, na 10 Downing Street, top em orgânicos e drinques saudáveis.

Cafe-Clover-3

Flores
New York Botanical Garden: todo ano, uma exposição fantástica com orquídeas, chamada de Chandeliers, até 19/4.
No Central Park, tem um jardim quase secreto – o Conservatory Gardens, que fica na Quinta Avenida com 105th Street. Tulipas em abril e maio.
Mark MorrisSakura Matsuri: em 25 e 26/4 no Brooklyn Botanic Garden. Vale a pena ir para ver o cherry blossom, celebrando a cultura japonesa. Um bom motivo para ir ao Brooklyn. E já que estamos na região, não deixe de assistir a uma apresentação do Mark Morris Dance Group (foto acima), 22 a 26/4, especialmente Spring, Spring, Spring, baseado na Sagração da Primavera de Ígor Stravinsky.

Broadway
Falando em shows, o hit do momento: Hand to God.

Maio preview…não perca
Bike
: TD Five Boro Bike Tour, para quem gosta de bicicleta, em 3/5.
Frieze New York: de 14 a 17/5, é a primavera no mundo das artes, apresentando mais de 200 galerias com 1000 artistas. Vá de Water Taxi para Randall’s Island e aproveite a natureza.

Lorena Ringoot é chef concierge no hotel The Surrey e colabora com WHIZ todo mês com dicas imperdíveis de Nova York

Direto de Nova York

The City BakeryNew York, quase março… “Tenho fé de que meu treinamento para pinguim está quase terminando! Esse ano, o frio chegou a 22oC negativos, confesso que não conhecia essa temperatura. Sendo assim, passei fevereiro em lugares aconchegantes, tomando chai, hot chocolate e sopinhas, assistindo a filmes, visitando museus”, conta a brasileira Lorena Ringoot. A concierge do hotel The Surrey revela as últimas da Big Apple.
IMG_1461

Hot spots
Chocolate quente: o lugar favorito para manter a temperatura e a moral é a City Bakery (foto abaixo), que fica na West 18th Street, entre 5th & 6th Avenidas. Todo dia tem um sabor novo de chocolate quente. Você pode escolher no tamanho de um expresso. Não esqueça de pedir um marshmallow gigante.
City Bakery Store
Sopa: a mais concorrida é servida no Via Quadronno na 73rd Street, entre a 5th & Madison Avenues. Eles servem dois tipos the minestrones: Minestra del Lavorante e Sferzata di Salute (pure). E o panini primavera com queijo de cabra e vegetais é top.

Restaurantes
Estou aguardando a abertura do novo ABC Home Grown, parceria do chef Jean-Georges com a ABC Carpet & Home, na 38 East 19th Street. Com comidinhas vegetarianas.
Little Park (foto abaixo) é uma nova opção saudável com inspiração global. Do mesmo dono do The Dutch, do Bar Prime e do Lafayette. Todos os restaurantes de Andrew Carmellini (antigo chef do Café Boulud) são de alta qualidade!
Little Park 1
Especial
The Orchid Show – Chandeliers: de 28/2 a 19/4 no New York Botanical Garden. Se você gosta de orquídeas não pode perder – são 20 minutos de trem de Manhattan. Boa dica de programa para fazer no sábado em família e depois visitar o Bronx Little Italy para uma boa pizza no Zero Otto Nove.

Arte & Cultura
The Armory Show: de 5 a 8/3, é sempre imperdível no Pier 92 & 94.
Björk: a exposição no MoMa abre 8/3 e fica em cartaz até 7/6. A retrospectiva do trabalho da cantora e compositora promete ser o show de arte do momento. Não esqueça de comprar seus tickets com antecedência.
Kehinde Wiley – A New Republicno Brooklyn Museum até 24/5, uma ótima razão para visitar o Brooklyn. Seu trabalho gráfico é lindo.
Fatal Attraction – Piotr Uklanski  Photographs: no Metropolitan Museum. De 17/3 a 14/6. Muito especial o trabalho (foto abaixo) do artista polonês baseado em Nova York.
Uklanski_DIGITAL_Poster
Na Broadway
Uma série de clássicos começando: An American in Paris; Doctor Zhivago; Finding Neverland; Gigi; The King and I e muito mais… A família toda vai encontrar um favorito.

Lorena Ringoot é chef concierge no hotel The Surrey e colabora com WHIZ todo mês com dicas imperdíveis de Nova York

Punta by the beach

La SusanaNeste verão no badalado balneário uruguaio, WHIZ visitou os novos hot spots à beira-mar: La Susana (foto acima), o beach club do grupo VIK Retreats na Playa Mansa, em Jose Ignacio, tem carta de drinques top (clericot delicioso!), ótima comida (experimente o ceviche do dia para começar; e o salmão na brasa como prato principal) e o DJ residente argentino Cesar Cesta no comando a partir das 18h. Bahia VIK (foto abaixo), vizinho, é o mais novo hotel VIK, exclusivíssimo, com 10 suítes e 11 bangalôs (2 a 4 quartos), além de arte por todo lado.
BahiaVik
Já na Playa Mansa de Punta del Este, o parador OVO Beach, parte do Conrad, é o lugar para ver o pôr-do-sol com o porto e a Isla Gorriti como pano de fundo, ao som de DJs internacionais.

Direto de Nova York

Rainbow Room

“O ano está quase terminando, mais ainda dá tempo de dizer obrigado para todas as pessoas presentes em nossas vidas”, diz Lorena Ringoot, a brasileira chef concierge premiadíssima do hotel The Surrey e superparceira do WHIZ. Em Nova York, as news não param! Na foto acima, Rainbow Room, endereço do brunch do momento.

Restaurantes
Red Farm: a festinha de fim do ano dos gerentes do The Surrey foi no Red Farm (foto abaixo), com uma versão nova chinesa americana. Os favoritos da turma são o steak e os dumplings com a carinha do Pac Man.
Red Farm Dining Room
Polo Bar: estou esperando inaugurar na 55th Street, entre Quinta e Sexta Avenidas, o novo restaurante do Ralph Lauren, que será inspirado no 21 Club, com comida tradicional de qualidade e a decoração impecável by RL.
Rainbow Room: o lugar para celebrar momentos especiais com toda a família é aqui, com brunch aos domingos do meio-dia as cinco da tarde. No Rockefeller Center, o private club tem meu querido amigo Marcelo como gerente. Ele sempre ajuda na reserva de mesas do brunch mais cotado do momento.

Arte, Shows & Cultura
Na Broadway…. muito drama na lista: Curious Incident of The Dog In The Night Time; Delicate Balance; Disgraced; The River; The Elephant Man. The Curious Case of The Dog in the Nightime 3
Muito talento e pouco tempo para assistir a tantas apresentações tão boas.

Elton John &His Band: no Barclay Center, tocando dia 31 de dezembro na melhor festa de ano-novo.
Egon Schiele – Portraits: na Neue Galerie, na Quinta Avenida com 86th Street, até 19/1, é imperdível. Depois, não deixe de dar uma paradinha no Café Sabarsky (foto abaixo), lá dentro, para uma torta de chocolate e um café.
Cafe Sabarsky 1
Lorena Ringoot
 é chef concierge no hotel The Surrey e colabora com WHIZ todo mês com dicas imperdíveis de Nova York

 

10 destinos para visitar em 2015

4 - Islandia - Strokkur

Para onde viajar no ano que vem? Especialista em apontar tendências no turismo top, a Teresa Perez Tours divulgou sua lista de destinos que prometem ser hotspots em 2015. Resultado das pesquisas dos consultores da operadora, que viajam o mundo em busca de novas experiências, a lista revela países como Coreia do Sul e Islândia (foto acima), e regiões como o Cáucaso. 

Seul, a Coreia do Sul contemporânea (foto abaixo): com uma combinação única de arranha-céus e templos budistas, Seul desponta como um dos grandes destinos urbanos da Ásia. Cosmopolita e jovem, essa capital oferece uma rica vida cultural, acompanhada de sua apimentada culinária de rua e ótimas compras. Entre as dicas, estão as casas de chá e lojas de Insadong e o Palácio de Changdeokgung. Hotéis? Park Hyatt, com moderna fachada de vidro e vista panorâmica da cidade, e Ritz-Carlton, que combina o tradicional e o contemporâneo com muito conforto.
10 - Seul
Naoshima, a ilha artsy do Japão: essa pequena ilha ao sul do Japão vem se destacando como destino artsy. Anualmente, recebe cerca de 400 mil visitantes em busca de suas exposições. São quatro museus e oito instalações ao ar livre de grandes artistas, incluindo obras de nomes como Yayoi Kusama (abaixo, foto da instalação Pumpkin), e a Benesse House – com hotel e museu projetado pelo consagrado arquiteto japonês Tadao Ando.
5 - Naoshima, Japao (2)
Índia, destinos zen: aqui, a busca pelos ensinamentos da ayurveda e da ioga ganha cada vez mais admiradores. O Rajastão se destaca como o berço de antigas filosofias indianas e reúne refúgios maravilhosos como o resort Amanbagh. Em Jaipur, está o Parque Nacional de Ranthambore – e sua extensa população de tigres -, onde fica o hotel Aman-i-Khás, com dez exclusivas tendas. Já o Taj Lake Palace, em Udaipur, fica em uma ilha privada em meio ao lago Pichola e oferece um spa incrível. No Himalaia, o Ananda atrai as atenções, com seu menu de mais de 80 tratamentos.
Egito, uma nova realidade: após o período instável no cenário político e social, o país volta aos holofotes do turismo mundial. Imagine um roteiro que fascina pelo legado dos faraós e também por belas praias. Um cruzeiro pelo Rio Nilo revela templos surpreendentes e vales verdejantes. Para completar, a cidade costeira de Sharm El Sheik é um verdadeiro oásis banhado pelo Mar Vermelho.
Botswana, safári na água: selvagem e muito bem preservado, o país africano é o paraíso dos safáris – sempre ao amanhecer e ao anoitecer. O destaque são os trajetos de canoa, que permitem ver de perto a diversidade de ecossistemas e a incrível concentração de animais, especialmente hipopótamos.
13 - Botswana (2)
Cáucaso, natureza, religião e modernidade (foto abaixo): ponto de encontro entre a Ásia Ocidental e a Europa Oriental, o Cáucaso é uma região que vem se consolidando no turismo. O roteiro passa pelo Azerbaijão, a Armênia e Geórgia e inclui o Mar Cáspio e as Grandes Montanhas do Cáucaso do norte. Entre as belas paisagens, descubra cidades que misturam a arquitetura contemporânea e soviética, palácios medievais, templos e mosteiros do século 10, classificados como Patrimônio Mundial pela Unesco.
16 - Caucaso
Islândia, além das expectativas: a Islândia já se firmou como destino imperdível na Escandinávia. Misture paisagens intocadas, com cachoeiras, gêiseres e vulcões, à cena cultural jovem e interessante de sua capital, Reykjavík. Não podem faltar no roteiro a praia de areia vulcânica Reynisfjara (com suas cavernas de basalto) e o gêiser Strokkur, que jorra águas a até 30 metros de altura. E a viagem inclui a observação de baleias e golfinhos e um passeio de quadriciclo pelas formações rochosas.
Rússia, aberta para os visitantes: com cada vez mais infra-estrutura para os visitantes, a Rússia oferece novos hotéis de luxuosos grupos como o Four Seasons, que inaugurou recentemente o Four Seasons Hotel Lion Palace St. Petersburg e o Four Seasons Hotel Moscow (na foto abaixo, St. Basil, Moscou). Quem escolhe conhecer as duas metrópoles encontra a nobreza dos belos monumentos e a arte do balé e da ópera, além de registros históricos da revolução que mudou o cenário político mundial no século 20.
7 - Russia - Moscow - St. Basil
Havaí, os encantos de Maui: a segunda maior ilha do Havaí, Maui (foto abaixo) guarda muitas surpresas. A começar pela natureza marcante, a visita constante das baleias e algumas das melhores áreas do mundo para a prática de snorkelling. Para completar, pedalada no vulcão Haleakala, passeio de carro pela sinuosa estrada de Hana, trilhas em praias de areia negra, piquenique em campos de lavanda e, ainda, luau com pratos típicos.
20 - Havai, Estados Unidos
Amazônia brasileira – aventura com conforto: rios, matas, terrenos alagados, planícies e planaltos, pântanos e manguezais. A experiência se completa com o conforto de um hotel na selva. Como o Anavilhanas Jungle Lodge, às margens do Rio Negro, e com gastronomia que mistura receitas amazônicas, brasileiras e internacionais. Já o Cristalino Lodge fica em uma reserva particular à beira do rio que lhe dá o nome e hospeda em confortáveis bangalôs.

Direto de Nova York

Central Park Nov

Novembro: Thanksgiving! Lorena Ringoot, chef concierge do hotel The Surrey fala sobre o mês na Big Apple. “É tempo de agradecer e compartilhar. De ver a árvore iluminar, a parada passar, de tomar chocolate quente e comprar presentinhos de Natal. E tempo de parar para agradecer os amigos, a família e a saúde. Ainda dá tempo de dizer I love you!” Na foto, o Central Park.

Arte & Cultura
Takashi Murakami, Tan Tan Bo- In Communication
Gagosian Gallery Chelsea: em exposição, Takashi Murakami –“In The Land Of The Dead, Stepping on The Tail of a Rainbow” (foto acima), até 17/1.
Na Broadway, A Delicate Balance, com Glenn Close; The Elephant Man, com Bradley Cooper; e Disgraced, de Ayad Akhtar. Surpreendente, tantas peças boas ao mesmo tempo. Esperando Tristan & Yseult no Brooklyn, na St. Ann’s Warehouse.
Nos museus… Helena Rubinstein: Beauty is Power no The Jewish Museum até 22/3. JewelsIndia_WEB_2No Metropolitan MuseumCubism: Braque, Leger, Gris and Braque, até 16/2; e Treasures from India- Jewels from the Al-Thani Collection. São 60 objetos preciosos (foto ao lado) da coleção do sheikh Hamad bin Abdullah Al- Thani.

Compras
Loja necessária: Sorel – vende botas para neve, pois a neve promete cair em abundância neste inverno. A loja nova fica na 345 W 14th Street entre a 8th/9th Avenidas. Vale a pena conferir a nova loja da Polo Ralph Lauren na Quinta Avenida, perfeita para um pit stop para tomar um café e comer um brownie no inverno. O Ralph’s Coffee fica na 711 Fifth Avenue com a 55th Street.

Restaurantes novos
Marta
: a thin crust pizza do momento… A nova casa de Danny Meyer, Shack Shack, Gramercy Tavern, Union Square Cafe. O restaurante (foto abaixo) fica na 29 East 29 Street entre Park e Madison Avenues.
marta_resto_MWHotel
Chef’s Club: no SoHo, recém-inaugurado. Uma proposta diferente da revista Food &Wine, um showcase de novos chefs e seus menus. Fica na 275 Mulberry Street com a Houston Street.
Fung Tu: novo chinese american com uma seleção de vinhos muito especial. A amiga Elisa é a hostess do Racines em Tribeca e do Fung Tu nos fins de semana. O restaurante fica quase em Chinatown no meio das novas galerias de arte, 22 Orchard Street entre a Hester e a Canal Streets. Quase em frente ao Fat Radish.

Lorena Ringoot é chef concierge no hotel The Surrey e colabora com WHIZ todo mês com dicas imperdíveis de Nova York

 

 

 

Glamour em Courchevel

1 - Courchevel1Prepare os esquis. Parte da maior área esquiável do mundo (conhecida como Trois Vallées), na região alpina de Savoie (França), a célebre Courchevel é palco da mais badalada temporada de esqui da Europa. Charme, sofisticação, alta gastronomia, excelente neve e estrutura ski-in/ski-out fazem da estação um destino de inverno adorado por celebridades. Escolha hospedar-se no efervescente vilarejo a 1850 metros de altitude, conhecido pelos habitués como Courch’1850, onde estão as melhores pistas, os hotéis mais sofisticados, estrelados restaurantes e clubs.

Onde comer?
La Fromagerie: charmoso e despretensioso, serve pratos tradicionais saborosos, com destaque para os queijos e carnes. La Porte de Courchevel, Courchevel 1850, tel +33 4 79082747.
6 - Restaurante_Azimut1
Azimut (foto acima): a combinação do tradicional e do moderno resulta em pratos surpreendentemente deliciosos, assinados pelo chef François Moureaux. O atendimento é extremamente amável. Immeuble l’Or Blanc. Courchevel 1300, tel. +33 4 79062590.

Circuito artsy
Esqui, snowboarding, passeios em snowmobile e snow quad bikes, escaladas e patinação no gelo, voos sobre os Alpes em pequenos aviões, helicópteros ou balões… Além dos esportes e passeios na neve, vale a pena percorrer as galerias de arte.
Galerie Daniel Besseiche: o colecionador Daniel Besseiche reúne, há 35 anos, obras modernas e contemporâneas que inspiram fortes emoções. Os quadros e esculturas, alguns de artistas famosos e outros de talentos promissores, estão expostos em suas seis galerias, espalhadas pela França e Suíça. Espace Diamant. Courchevel 1850.
Galeries de l’Alpage: as duas galerias exibem trabalhos de artistas internacionais, como Auguste Rodin, Folon, Giorgio de Chirico, Bruno Catalano, Julien Marinetti e outros. Espace Diamant. Courchevel 1850.
Galerie Grulier: à mostra, trabalhos dos pintores Michel Jouenne, Gilles Arzul, Guy Cambier, e escultores Mauro Corda, René Julien, Michel Dejos, entre diversos outros. Le Patio de la Croisette. Courchevel 1850. 

Onde dormir?
3 - Hotel_La Sivoliere1
La Sivolière: no coração da floresta, com acesso direto aos ski-lifts e a poucos minutos do centro de Courchevel, o charmoso hotel se destaca pela excelência em serviços e os elegantes apartamentos no estilo chalé de montanha, cozy e com muita madeira. Para completar, fitness center com piscina, jacuzzi, área de bem-estar e um completo Kid’s Club. O restaurante gastronômico, 1850, sob o comando de Bilal Amrani (três garfos vermelhos no guia Michelin), apresenta o melhor da culinária francesa com inspiração nos sabores tradicionais de Savoie. Nesta temporada, experimente o novo menu e não deixe de reservar lugar na mesa do chef, novidade super aguardada!
4 - Hotel_La Sivoliere2
Por Equipe Teresa Perez