Os hotéis mais exclusivos do Nordeste

Foto 12 - Pousada-do-toque
Em parceria com o Diário de Viagem, elegemos seis top hotéis de praia para você passar o verão no Nordeste, com muito conforto, sossego e natureza. Mergulhe! Na foto acima, Pousada do Toque, em São Miguel dos Milagres, Alagoas.

Vila Naiá
: um hotel superexclusivo no sul da Bahia, de frente para a Praia de Corumbau, o Vila Naiá tem só oito acomodações idealizadas como casas de pescadores e decoradas com muito bom gosto. A gastronomia privilegia ingredientes da horta orgânica e os passeios são diversos – buggy para Caraíva, bicicleta e barco para Cumuruxatiba, entre outros.
Foto 1 - Vila Naia bangalô
Fazenda São Francisco do Corumbau: outra estrela de Corumbau, uma bela fazenda em meio aos coqueirais, com mais de um 1,5 quilômetros de praia e muito conforto. Eleito o Melhor hotel de Praia da America do Sul pelo guia Condé Nast Johansens 2013, abriga só dez quartos, com roupas de cama Trussardi, produtos de banho da Natura e varanda de frente para o mar.
Foto 4 - Fazenda S F do Corumbau4
Kenoa Exclusive Beach Spa & Resort: na Barra de São Miguel, a 30 quilômetros ao sul de Maceió, em Alagoas, este hotel tem estilo contemporâneo e conceito sustentável. Perfeito para relaxar a dois. Escolha um dos bangalôs com piscina, de frente para o mar. O spa tem terapias da marca Shiseido e o restaurante Kaamo, sob o comando do chef Cesar Santos, surpreende pela criatividade.
Foto 5 - Hotel Kenoa
Kiaroa Eco-Luxury Resort: Kiaroa é o nome de uma pérola negra da Polinésia Francesa. Na Península de Maraú, uma região quase inexplorada cercada por Mata Atlântica, na Bahia, com piscinas naturais formadas por águas transparentes, o resort tem 22 suítes e bangalôs dos sonhos. O menu é baseado em frutos do mar e saladas e há uma boa carta de vinhos. No Spa Armonia, de 1.000 metros quadrados, experimente pelo menos uma das terapias e rituais.
Foto 8 - Kiaroa acomodacao
Nannai Resort & Spa: cercado por piscinas, em uma área de 6 mil metros quadrados, com raias para natação e espaços exclusivos de hidromassagem, tênis, golfe, fitness center e um Spa L’Occitane, o Nannai fica em Porto de Galinhas, Pernambuco. Os quartos são super românticos e o restaurante tem vista para o mar.
Foto 10 - nannai-spa4
Pousada do Toque: São Miguel dos Milagres, no litoral norte de Alagoas, é sem duvida uma das praias mais lindas e desertas do Brasil, point preferido dos jovens bacanas e antenados. Lá, a Pousada do Toque, também premiada em 2013 pelo Condé Nast Johansens (premio por Excelência), reúne 17 chalés muito bem equipados. Para completar, ótima gastronomia.
Foto 11 - Pouada do Toque bg-piscina-pousada-do-toque

Next stop? Riviera Maya

3 - IMG_0906

Um paraíso que combina praias de areias brancas, o Mar do Caribe que parece uma piscina, em vários tons de turquesa, grutas, lagoas e vestígios da civilização maia. Para completar, muitos ceviches e a simpatia do mexicano, sempre com um sorriso no rosto. Adorei descobrir um pouco da Riviera Maya, um pedaço de costa que fica a cerca de meia hora de Cancún e abrange 120 km no Estado de Quintana Roo, no México. Tanto atrativo natural resultou, claro, em bastante atividade turística: são mais de 400 hotéis e resorts ao longo desse litoral e alguns refúgios bem especiais.
Quando ir? No Réveillon, é hotspot. Ou então, fevereiro a maio, época mais seca.

Onde dormir
1 - IMG_0587
Banyan Tree Mayakoba
: um oásis tropical com ares orientais. Parte do prestigiado grupo asiático Banyan Tree Hotels & Resorts, famoso por seus spas, o resort reúne villas imersas no mangue, com piscina individual e charmosas bicicletas com cestinha à disposição. Na chegada, as boas-vindas são com um copinho de suco verde refrescante elaborado com chaya (verdura local) e uma pulseira feita com flor natural e sementes. O transporte pela propriedade é em carrinho elétrico ou a sua bike. Vale ir à praia, de areia branquinha e mar sereno, e fazer o passeio de barco pelos canais e mangues do hotel (foto abaixo). Vi tartarugas e muitas espécies de aves.
5 - IMG_0741O Banyan abriga o campo de golfe El Camaleon, projetado por Greg Norman, e está no complexo Mayakoba, repleto de ruazinhas envoltas pelo verde nativo que levam a mais dois hotéis exclusivos – Fairmont e Rosewood. Entre os restaurantes, experimente o Saffron, de cozinha thai contemporânea. No hotel, à noite no quarto (foto abaixo), uma flor sobre a cama e luz de velas. No check-out, um regalo para lembrá-lo de retornar – uma pequena tartaruga de madeira dentro de uma cestinha – artesanato local.
2 - IMG_0591

Hotel Esencia: talk of the town, entre a agitada Playa del Carmen e Tulum, o hotel é pequeno e exclusivo e se destaca entre os resorts gigantes no cenário. Despojado e roots, foi instalado na casa original de uma duquesa italiana, convertida em hotel em 2005 e recentemente adquirido pelo empresário americano Kevin Wendle, ávido colecionador de arte que reformulou toda a propriedade.
2 - IMG_1105A chegada é em uma tradicional casa maya e lá um carrinho elétrico leva até a maison. São 29 quartos e suítes – muitas com piscina particular – , decoradas com peças e móveis dos anos 50, arte de grandes nomes como Fernando Botero e Picasso e artesanato mexicano (na foto abaixo, uma das suítes na casa principal). A playlist que toca pelos espaços comuns é do supercool DJ Michel Gaubert, baseado em Paris.
4 - IMG_1093No restaurante, deliciosos os ceviches preparados pelo chef Juan Carlos Gutierrez Chavira, ex-blogueiro de comida, mestre-cuca particular e ex-designer gráfico para a Chanel. No staff, Wendle convocou profissionais como ele, com background em moda. Na praia, com sorte, se pode ver a desova de tartarugas. Todas as manhãs, há aulas de ioga. Para famílias, o Esencia tem, ainda, duas casas lindas com serviço do hotel. Imperdível um tratamento no spa, montado em outra casa típica, com telhado de sapê e produtos puríssimos da região. A terapia começa com uma limpeza com incenso de alecrim, arruda e manjericão.

Passeios 
Se escolher um dos dois hotéis, será quase impossível sair de lá.
Com crianças, programa popular é ir a um dos parques naturais. XCaret, um dos mais importantes e turísticos, para nadar com golfinhos e arraias, entre outras muitas atividades. Menor, Kuntun Chi tem cenotes (grutas) incríveis.
Para compras, Playa del Carmen é o lugar que concentra o maior comércio da Riviera Maya. Prepare-se para entrar no clima bem turistão na Quinta Avenida (foto abaixo), isso mesmo, homenagem à nova-iorquina. Restrita a pedestres, há um mix de lojas: de artesanato a surf wear e marcas como Forever 21, Nike, H&M, Mac, etc., além de diversos restaurantes.
5 - IMG_1155

Imperdível, porém, será visitar Tulum, um dos três sítios arqueológicos da região – e o mais famoso, Antiga cidade maia amuralhada (datada por volta do ano 1000 d.C), fica ao longo da costa, de tirar o fôlego.
1 - IMG_0818Um destino à parte na Riviera Maya, misto de Trancoso com Espelho (pela atmosfera e o tipo de visitante), Tulum tem uma zona hoteleira ao longo da praia, rústica e charmosa – para se desplugar mesmo! Sem sinal de celular… Entre as dicas para se hospedar lá, estão o hotel boutique Jashita, o Papaya Playa Project (da Design Hotels), com seu badalado beach club, e BeTulum, um dos mais exclusivos. Dos restaurantes, Posada Margherita e Hechizo são só alguns deles. Mergulhos em cenotes não podem faltar na programação e visita à Reserva da Biosfera de Sian Ka’an. Deu vontade de ficar…

Antonella Salem viajou a convite da ILTM Americas

Trancoso no foco

trancoso Rio da Barra

Um dos destinos de praia mais cobiçados do Brasil, Trancoso, no sul da Bahia, vive a toda, mas mantém a atmosfera absoluta de paz. Na agenda de março, novidades nos domínios da Etnia Pousada & Boutique e o festival Música em Trancoso (MeT).

Casas by Etnia
Etnia casa fachada
Uma referência entre as pousadas de charme do pedaço, a Etnia Pousada & Boutique parte para uma nova empreitada: a de se transformar em “condo-hotel” (leia-se condomínio-hotel). Segundo seu proprietário, o engenheiro André Felippe Zanonato, a idéia surgiu a partir da demanda de seus hóspedes, que sempre o questionaram sobre adquirir uma das casas de sua propriedade. Zanonato concluiu a construção de duas casas em seus domínios próximos ao Quadrado – vendidas ou alugadas por temporada – e prepara as novas. Na decoração, o DNA Etnia, com um mix de objetos garimpados na região e no mundo.
Etnia casaEtnia Casa salaInquilinos ou proprietários contam com todos os serviços da hotelaria da Etnia, como o restaurante, housekeeping e concièrge. Segundo o engenheiro, este é só o início de um selo Etnia homes. Sucesso na certa.

Programe-se
De 7 a 14 de março, o festival Música em Trancoso (MeT) promete agitar o destino pelo quarto ano consecutivo. O evento já faz parte da agenda cultural do País e deverá reunir 10 mil espectadores, 40 solistas, maestros e dançarinos e duas orquestras – a Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto e a Orquestra Experimental de Repertório. Além da programação no colossal Teatro L’Occitane (foto), que fica dentro do condomínio Terravista, haverá apresentações gratuitas na Praça do Bosque.
Teatro LOccitaneTêm presença confirmada grandes nomes eruditos e populares, como a mezzo soprano búlgara Vesselina Kasarova, o vibrafonista californiano Joe Locke, o maestro Roberto Minczuk e o sambista Paulinho da Viola.

O paraíso chamado São Miguel do Gostoso

unnamed (16)

Praias de areia branquinha, banhadas pelo sol e vento constante, que espanta as nuvens e atrai os fanáticos por esportes de vela, como kite e windsurfe. Em São Miguel do Gostoso, cidadezinha de pescadores localizada a 110 km ao norte de Natal (RN), o ano segue assim. Quase nunca chove (mesmo!) e o calor do Nordeste parece desaparecer com o vento que sopra. Com pouco mais de 10 mil habitantes, a vila ainda não foi descoberta pelas legiões de turistas. Ainda bem! Se você gosta de curtir uma praia sossegada e quer comer muito bem, é o lugar certo.

Onde dormir?
Em São Miguel do Gostoso não existem resorts ou mesmo pousadas de alto luxo – faz parte do charme do lugar, que em compensação oferece uma gama de restaurantes ótimos. Uma das pousadas mais bacanas é a Mi Secreto. de frente para a Praia Ponta do Santo Cristo, point dos esportistas.

AA__0994SE VOCÊ FOR
Para quem quiser praticar wind ou kite surfe, a Praia do Cardeiro é super recomendada – lá venta bastante e há alguns clubes de vela. Já os que preferem um banho de mar inesquecível, é só alugar um bugue e dirigir oito quilômetros até a Praia de Tourinhos. O mar é bem calmo, e o pôr-do-sol, maravilhoso. O happy hour é na Praia da Xêpa, no restaurante pé-na-areia Jack Sparrow. A dica é pedir o ceviche e uma caipirinha de uva para acompanhar.

Por Ana Barella, especial para o WHIZ

Provence à mineira

Provence4

Dica de pousada super romântica em Monte Verde (SP): Provence Cottage & Bistrô. Emoldurada pela Serra da Mantiqueira e imponentes araucárias, entre suas casinhas de arquitetura provençal francesa, uma profusão de plantas, flores, cores e perfumes salpica o jardim. Nos seis chalés, enxovais Trussardi, máquina Nespresso, TV de plasma, amenities L’Occitane e hidro – para citar alguns dos mimos e luxos. No Chalé Cassis, o mais alto da propriedade, há um ofurô estrategicamente posicionado na varanda.
Provence3A decoração, um capítulo à parte. Móveis e objetos pinçados de antiquários, mesclados a um leve toque moderno e combinados com capricho. Os proprietários, Ari Kespers (foto) e Whitman Colerato, cuidam pessoalmente de todos os detalhes da estada. Na horta orgânica, são cultivados os ingredientes que compõem os pratos da gastronomia exemplar.
Provence
O café da manhã é servido até o meio-dia e à francesa, e o “chá das cinco” é entregue nos chalés todas as tardes. Prepare-se para a comilança! No jantar, a chance de provar o menu degustação preparado por Ari. Consomê de galinha com angu de fubá e couve – uma “galinha caipira chique”, como brinca Ari –; Ravióli de banana da terra e manteiga de sálvia; Leitão a baixa temperatura, mil-folhas de batata e pé-de-moleque. Ah, a salada! Uma explosão de sabores. Vale a visita já!!!

Por Flavia Perin, especial para o WHIZ

Tiradentes romântica

Lis Bleu - Tiradentes (MG) piscina

Fogão a lenha, alguns dos mais famosos queijos de Minas, comprados direto dos produtores, bolo de abóbora e pão de berinjela, só para citar dois exemplos de receitas caseiras, fazem do café da manhã da Pousada Lis Bleu o melhor início de um dia em Tiradentes, Minas Gerais. Três anos atrás, ao planejar a Lis Bleu, o casal Leonardo e Tatiana Cestari não deixou escapar nenhum detalhe. Leonardo já vinha da hotelaria e escolheu os componentes de sua pousada a dedo – do projeto arquitetônico à decoração, rústica e charmosa. Feita a partir de materiais de demolição, possui apenas 12 quartos – banheira de hidromassagem para dois e lareira são alguns dos diferenciais – e, com isso, mantém clima intimista. Uma piscina convida os hóspedes a relaxarem nos dias de calor e sol; já o frio pode ser espantado com a sauna. Sem jamais esquecer, durante a visita a Tiradentes, que as palavras de ordem nessas paragens são comer, descansar e namorar – parafraseando o célebre livro. Do que mais um casal em busca de romance precisa?
Pousada Lis Bleu - quarto - Tiradentes (MG)
SE VOCÊ FOR
Onde comer: no Virada’s do Largo, Beth Beltrão prepara pratos de receitas mineiras com ingredientes colhidos da própria horta na hora, como pastéis de angu e Viradinho da Cozinheira. Já no Angatu, o jovem mestre-cuca Rodolfo Mayer faz pratos sofisticados como Namorado fresco, espuma do mar, espaguete de abobrinha e palmito de pupunha salteado no azeite de carvão. Na sobremesa, vá à loja do Chico Doceiro. Seus canudinhos de doce de leite são irresistíveis.
Tiradentesigreja Matriz Santo Antonio
Passeios: programas de aventura, com a Uai Trip. Passeio noturno de jardineira no centro histórico, com Luiz Fernando, pelos tels. +55 (32) 9948-2370 ou 9957-4757.

Por Flavia Perin, especial para o WHIZ

 

Pueblo gourmet e artsy

Garzon ruas

Uma deliciosa descoberta a 60 km de Punta del Este, Uruguai, o povoado de Garzón, fundado em 1892, vem conquistando uma legião de visitantes bacanas e low profile que adoram gastronomia e arte, muitos deles vindos das areias de José Ignacio, vizinho, a pouco mais de 30 km dali. Além do tão famoso El Garzon Hotel & Restaurant, do conceituado chef argentino Francis Mallmann, há outras poucas preciosidades a visitar entre as pacatas ruas de terra batida. Tudo no melhor estilo gaúcho sofisticado. Para dormir ou passar o dia.

El Garzon Francis Mallmann

El Garzon Hotel & Restaurant (foto acima): do mestre-cuca argentino Francis Mallmann, o primeiro a investir no povoado, o hotel e restaurante ocupa um antigo armazém. Só cinco suítes simples e aconchegantes, piscina, bar e mesas dispostas ao ar livre e pelos charmosos ambientes internos. Na cozinha, à vista, se pode ver o fogo da culinária rústica de Mallmann baseada na antiga técnica andina chamada de “infernillo”, na qual se preparam os pratos “ entre fogos”, na lenha. No menu, desde pizzas até empanadas, saladas e pratos variados, como o “asado” (churrasco) uruguaio com molho chimichurri e salada de batatas. Para acompanhar, vinhos de edição limitada da Finca La Anita, parceira de Mendoza.
Casa Anna: vizinho do El Garzon, o bed & breakfast recebe em seis casitas e todas as refeições podem ser preparadas pelo time de Mallmann.
Alium: a loja de design “made in Uruguai”, vende roupas e objetos artesanais, incluindo ponchos e mantas de lã merino.
Galería Pueblo Garzón (foto abaixo): a pequena galeria promove exposições de fotografia e arte contemporânea de artistas residentes e internacionais.
Galeria Garzon
Lúcifer: Camino a la Estacion Custiel, Casi al Final, tel. +598 99255-249. O restaurante local tem fama pelo talento da chef Lucia Soria, discípula do argentino Francis Mallmann.
Colinas de Garzón (fotos abaixo): imperdível a visita à fazenda que produz azeites, a oito quilômetros do Pueblo Garzón. O lugar, de instalações modernas, oferece diversas experiências, como passeios de bicicleta, de balão e piquenique entre as oliveiras.
Colinas de Garzon fachada
No tour mais tradicional, é possível descobrir sobre a origem e cultura do azeite, percorrer as plantações de oliveiras, visitar a Fábrica Boutique de Elaboração de Azeite de Oliva Extra Virgem e conhecer o processo de elaboração. Ao final, degustação de azeites e a chance de perceber os diferentes sabores. Para acompanhar, vinhos também produzidos lá, queijos e pães do campo. É preciso agendar a visita e pode-se levar as crianças.
Colinas de Garzon2

Leia matéria completa no Diário do Comércio.

O melhor de Mendoza

Bike vinhedos de Mendoza

Deliciosa viagem entre os vinhedos de Mendoza. A região no oeste da Argentina reúne 1.500 vinícolas, das quais 138 abertas a turistas, uma coleção de hotéis e restaurantes charmosos e paisagens inebriantes. Prefira a visita no período da colheita, de fevereiro a abril. WHIZ elege os programas top por lá e dá as dicas para um roteiro perfeito.

1) Percorrer os vinhedos de bicicleta, forma de saborear vagarosamente as paisagens.
2) Degustação de vinhos. A melhor é a da Bodega Salentein (foto abaixo).
foto 3 (1)
3) Almoço com harmonização. Os favoritos são os da Andeluna, Ruca Malen e Terrazza de Los Andes.
4) Ver a sala de aromas da Belasco de Baquedano, em Luján de Cuyo, com 46 fragrâncias do vinho. Manteiga, menta, cogumelos…
5) Visitar o Parque Aconcagua.  

Onde dormir?
Não deixe de se hospedar algumas noites em uma das exclusivas pousadas dentro das vinícolas. As que possuem quartos são Bodega Salentein, Cavas Wine Lodge Spa do Vinho (um Relais & Châteaux) Terrazza de los Andes (que é do grupo LVMH). Na cidade de Mendoza, o Park Hyatt é imbatível. A 20 minutos de lá, a caminho das vinícolas, o Spa Hotel Entre Cielos (foto abaixo), em Luján de Cuyo, faz parte da coleção Small Luxury Hotels of the World.
HUMDZEC_52296159_IMG_7950-YES
Onde comer?
O 1884 Restaurante Francis Mallmann, do chef-celebrity argentino, é um must-go na região e fica na Bodega Escorihuela. Mallmann também comanda um restaurante dentro do The Vines Resort & Spa. O Siete Fuegos, no Vale do Uco, a 45 km da Andeluna e da Salentein, é inspirado nas técnicas de cozinha com fogo, emblema do mestre-cuca. O Siete Cocinas é uma boa pedida no centro de Mendoza. Engloba as cozinhas das sete regiões gastronômicas da Argentina: Noa, litoral, Cuyo, pampa, metropolitana, Patagônia Andina e mar argentino. Ainda na cidade, experimente a cozinha criativa e eclética do Azafrán.

SE VOCÊ FOR
Informação útil: é permitido trazer na mala 12 garrafas por pessoa, respeitando o limite de bagagem de uma peça de 23 kg.
Quem leva: a Aurora Eco elabora roteiros que combinam tours de bike e visitas a vinícolas e restaurantes.

Colaborou Adele Abdalla

Verão no Capim Santo

Capim Santo travel WHIZ

De olho na temporada, a Pousada Capim Santo, em Trancoso, acaba de inaugurar três suítes super especiais, amplas e com ofurô. A dois passos do Quadrado, “o Capim” é a cara do destino no sul da Bahia, rústica, low profile e muito confortável. Piscina deliciosa e internet wi-fi por toda a área. O café da manhã, servido até as 11h, faz jus à fama de ser um dos melhores da cidade: inclui sucos de frutas regionais, diversos tipos de bolo, pães caseiros e tapiocas doces e salgadas. O restaurante também lidera a lista dos imperdíveis em Trancoso. Não deixe de provar o bolinho de aipim com camarão. Com as novas suítes, a pousada agora soma 20 acomodações.
Capim Santo suite travel WHIZ
SE VOCÊ FOR
Três dicas de lugar ao sol: o bar de praia do Uxuá Casa Hotel & Spa, o bar da Pousada Tangará e Etnia Clube de Mar, este último em Itapororoca.
Restaurantes: O Cacau (comida brasileira), Maritaca (pizza) e Portinha (almoço por quilo).

Deserto maranhense com conforto

lencois maranhensesDunas a perder de vista, entremeadas por grandes lagoas com peixes. É a paisagem impressionante dos Lençóis Maranhenses, uma extensão de 155 mil hectares de areia, rios e manguezais protegidos como parque nacional. A dica é ficar hospedado no Porto Preguiças Resort (foto abaixo), a dois quilômetros do centro de Barreirinhas, a porta de entrada para este paraíso (distante 260 km de São Luís), e ir e vir em passeios incríveis.
Melhor época? Quando as lagoas ficam cheias, de junho a setembro.
O hotel: apesar de ser chamado de resort, o Porto Preguiças é uma pousada charmosa que abriga uma piscina com fundo de areia e outra com água do rio, na beira do Rio Preguiças. O restaurante é ótimo, delicioso para comer pratos elaborados com frutos do mar. Aluísio, que trabalha na agencia do hotel, dá as dicas dos melhores passeios e reserva tudo.
Porto Preguiças Lençóis Maranhenses travel WHIZ
Passeios imperdíveis
– Alugar um carro 4×4, com guia, e ir até os Lençóis, nadar nas lagoas e depois almoçar no Restaurante da Luzía. É ela quem cozinha, senta e conversa com os clientes. Peça camarão, maravilhoso!
– Sobrevoar os Lençóis de helicóptero, inesquecível.
– Alugar um barco ir pelo Rio Preguiças até onde ele se junta com o mar.
– Ir de quadricíclo até os Pequenos Lençóis.
E a viagem continua… Atins
Outra dica nos Lençóis é dormir em Atins, vilarejo de pescadores em meio à paisagem de dunas e do Rio Preguiças. A Maresia Atins é um charme.
A pousada: dois amigos, em busca de um ponto perfeito para a prática de kitesurfe, descobriram o lugar e montaram a Maresia. Os chalés são rústicos e o restaurante prepara pratos com ingredientes frescos da horta biológica. Experimente a pizza. Adeptos do kitesurfe praticam o esporte e novatos têm a chance de aprender. E há diversos passeios pela região (Lagoa Verde, Lagoa do Mario…). O acesso: de Barreirinhas, uma hora em barco privativo pelo Rio Preguiças (a pousada organiza).

Colaborou Manoela Parente