Comer e beber em Marrakech

Marrakech praca2


“Perfumada e colorida, a gastronomia no Marrocos é tão exótica e surpreendente quanto o próprio país”. A frase é de
Fatéma Hal, a mais premiada chef marroquina, à frente do restaurante La Mansouria, em Paris. Influenciada pelos temperos árabes, usados na elaboração de pratos emblemáticos, como o cuscuz e o tajine, a culinária marroquina tem também inspiração nas culturas muçulmana, judaica e cristã. Em Marrakech, a mais glamourosa das cidades do Marrocos, é farta a variedade de restaurantes, alguns com salões com música ao vivo e danças típicas, super-requintados. O chá de hortelã, comum em todo o território, simboliza a hospitalidade. Na foto acima, Praça Jemaa el-Fna.

Onde comer?
Azar (foto abaixo): o restaurante é especializado na saborosa combinação das culinárias libanesa e marroquina. O ambiente tem decoração oriental contemporânea, com lanternas, almofadas e mobília estilo retrô.
3. Restaurantes - AzarO espaço do mezanino é mais intimista, ideal para jantares românticos. A música ao vivo garante um clima ainda mais aconchegante. Rue de Yougoslavie, Guéliz, tel. +212 52443-0920.
Dar Yacout: em um lindo palacete na Medina, este restaurante agrada tanto o paladar como a visão, com sua decoração romântica e bela vista da cidade. O cardápio fixo inclui saladas, carne e cuscuz preparados de maneira tradicional. 79, Derb Sidi Ahmed Soussi, Medina, tel. +212 2438-2929.
Al Fassia (foto abaixo): um excelente lugar para provar um autêntico tagine marroquino – cozido de carne, frango ou cordeiro com legumes, servido em um recipiente que leva o mesmo nome. A decoração também é de encher os olhos. 55, Boulevard Zerktouni, tel. +212 2443-4060.
3. Restaurantes - Al Fassia (2)
Bô-Zin: sabores marroquinos com influências asiáticas são encontrados no cardápio deste restaurante e bar estilo lounge que, à noite, se transforma em um badalado nightclub. Douar Lahna, Route de l’Ourika 3,5, tel. +212 2438-8012. Abre diariamente às 20h.

SE VOCÊ FOR
Onde dormir?

Palais Namaskar (foto abaixo): situado entre as montanhas Atlas e os montes Djebilet, o hotel tem bela arquitetura oriental e impressionantes suítes e villas, além de verdadeiros palacetes de 200 a 460 metros quadrados que garantem sofisticação e privacidade. Cercado por relaxantes jardins e piscinas, abriga um spa com produtos Guerlain e oferece aventuras personalizadas aos visitantes. Destaque para o bar panorâmico No Mad, com vista para Marrakech.
4. Hotéis - Palais Namaskar
Royal Mansour: construído a pedido do rei Mohammed IV para receber convidados da família real, o hotel exibe imponente arquitetura marroquina e recebe em confortáveis riads com decoração com sedas, antiguidades e móveis artesanais. Estrelado pelo Michelin, o chef Yannick Alléno comanda os restaurantes, que servem a alta cozinha francesa, marroquina e internacional.

Por Equipe Teresa Perez

Por dentro do Taj Palace Marrakech

Este slideshow necessita de JavaScript.

O grupo Taj Hotels Resorts and Palaces, conhecido por seus incríveis hotéis-palácio na Índia, inaugura neste primeiro semestre o tão esperado Taj Palace Marrakech, no Marrocos. Palco das filmagens de Sex and the City 2 (o longa não foi filmado em Abu Dhabi), o hotel seria Mandarin Oriental antes de passar para as mãos do Taj. Interiores e a arquitetura foram criados pelo designer e artista americano Stuart Church, que se inspirou nos kasbahs (residências fortificadas) do Marrocos, no esplendor do estilo otomano e nas ricas culturas indiana e oriental.
Entre as suntuosas acomodações, está a Royal Suite, digna de marajás e onde se deu boa parte das cenas com Carrie e as amigas. A dez minutos da cidade antiga de Marrakech, o Taj permite ter visões panorâmicas para as montanhas Atlas e os jardins do distrito da Palmeraie. Outro destaque, o Jiva Grande Spa, que abrange 3.800 metros quadrados, com 14 salas de tratamentos e dois imensos hammams (banho turco). Mais informações no Brasil, pelo tel. +55 (11) 3171-4026.

Marrocos para família

fsmarrakesk2

Já imaginou ir para o Marrocos com as crianças? Pois a abertura do Four Seasons Marrakech, ontem, pretende colocar o destino no cardápio de viagens das famílias. No coração da cidade mais glamourosa do país, em frente ao Jardim Menara e próximo da Medina, o resort está em uma área de 16 hectares circundada por uma muralha e abriga 141 apartamentos e suítes (alguns pode ser conectados, todos com vista para a Cordilheira do Atlas ou as palmeiras), três restaurantes (e mais dois a serem abertos em breve), um spa maravilhoso (com hammam e até tratamentos faciais feitos para o público masculino) e programação caprichada para todos. “Queremos que nossos hóspedes se sintam como se estivessem visitando um amigo no Marrocos, que os ajudam a planejar a viagem a esse lugar de beleza mágica”, afirmou o gerente Jean Claude Wietzel.
Com um olhar moderno sobre a arquitetura árabe tradicional, o lugar é formado por pavilhões suntuosos,  piscinas, espelhos d’água, fontes e jardins. Duas piscinas permitem acolher crianças e adultos. Aos adolescentes, o Young Adult Centre oferece conexão à internet, jogos e filmes. Passeios podem incluir desde um dia na praia até ski, um tour de  helicóptero às montanhas ou buggy no deserto.  O Four Seasons Marrakech tem dois programas especiais de inauguração: o Welcome Package inclui um crédito para o spa e flexibilidade nos horários de check-in e check-out; e o pacote Bed and Breakfast tem um farto café da manhã. Preços sob consulta.
fsmarrakeshwhiz

 

The best of Marrakech

Royal Mansour Marrakech

Uma das cidades imperiais do Marrocos, Marrakech é superenvolvente. Mistura tradicões herdadas da colonização árabe islâmica e da ocupação das tribos bérberes (povo nômade) com o glamour dos franceses. Faça um passeio de charrete e não perca o Jardim Majorelle, propriedade adquirida em 1980 por Pierre Berger e Yves Saint Laurent, de a Praça Djemâa el Fna, onde estão os engolidores de fogo, encantadores de sepente e barraquinhas vendendo frutas secas e suco de laranja fresquinho. De lá é um pulo para o souk (mercado). Um guia é indispensável, pois só ele poderá mostra-lhe as ruas do couro, dos metais, e as lojinhas. Barganhe nas barracas! Para compras, também vale a pena ir ao bairro moderno de Guéliz, local das lojas Atika, de mocassins, e Moor, de túnicas e objetos.

O hotel Royal Mansour (foto) é o maior luxo local. Novíssimo, foi imaginado pelo rei para receber os amigos. Com 3,5 hectares, recria a Medina, com vielas, praças, jardins e riads – as típicas casas compostas por lindos pátios internos. Ao todo, são 53, com terraço e piscina particular. Mordomo à disposição! Já ficaram lá Jacques Chirac, Susan Sarandon e Francis Ford Coppola. O restaurante de cozinha marroquina, supervisionado pelo estrelado chef Yannick Alléno, é o máximo. Ah… amenities Maroc Maroc nos banheiros, deliciosos, com aromas de rosa e flor de laranjeira. Outros hotéis? O Four Seasons Marrakech abre neste verão e La Mamounia  famosíssimo,  abriga um belo jardim. Caminhe por sua alameda, linda de morrer.

Restaurantes: para provar o melhor da cozinha típica, o Dar Yacout é lindo e a experiência será um ritual gastronômico, que começa com um drinque e visita ao terraço, com vista para a Medina. O menu é fixo e inclui cuscuz e tagine. Outra ótima sugestão para jantar, o Palais Soleiman  ocupa uma mansão marroquina do século 19 e reúne seis salões decorados tradicionalmente, incluindo lustres Baccarat e de Murano. Modernos, Terrace des Épices , na Medina, perfeito para almoço, e o Café de la Poste, em Guéliz, estilo brasserie francesa.   À noite, balada moderna no Palais Jad Mahal.  A melhor época para a viagem? De março a maio, na primavera, e de setembro a novembro.

Por Antonella Salem, de Marrakech